terça-feira, 23 de abril de 2013

Articulação entre Psicologia e Religião


Hoje trago ao Clã dos Bardos o Trabalho de Conclusão de Curso do leitor Kaian Eves, recém formado em Psicologia pela Funec de Santa Fé do Sul. Uma postagem diferente, com um conteúdo trabalhado em uma perspectiva voltada ao campo da psicologia - oferecendo ao leitor uma nova forma de análise distinta daquela encontrada em nossos textos descritivistas e históricos.

O conteúdo do trabalho segue na interface abaixo (logo após o resumo). No mais, agradeço ao Kaian pela contribuição e desejo a todos uma boa leitura.

Resumo:
A religião é uma forma de compreender não só o nosso universo interno, mas também de compreender o mundo que nos rodeia, ela representa uma jornada que todo ser humano tem que trilhar, ajudando a equilibrar o psiquismo e a lidar com as sombras que existem em nós, que tomaram forma através das histórias e mitos que a religião nos traz.

Este presente trabalho tem o objetivo de mostrar como se dá a articulação entre a psicologia e a religião e o que os principais expoentes da psicologia tem a dizer sobre o assunto. Com a pesquisa bibliográfica foi possível ver que muitos autores da psicologia tratam esse tema com seriedade e julgam a religião como algo inerente e importante na vida de cada ser humano. A psicologia e a religião são formas de compreender o mundo interno do sujeito e de também compreender o mundo que nos rodeia de uma forma mais clara, e nos ajuda a equilibrar o nosso psiquismo. Através desse trabalho foi possível verificar que há uma articulação entre psicologia e religião, entendendo que juntas, conseguem auxiliar o homem a um desenvolvimento espiritual em prol de um esclarecimento de si mesmo em contato com o mundo externo e interno.


Palavras chaves: religião, psicologia, psiquismo, mente.


Um comentário :

  1. Eu não conhecia esse panteísmo. Achei bem interessante.

    ResponderExcluir